Iene e franco suíço avançam após temor sobre nova variante abalar mercados globais

O noticiário em torno de uma nova variante do coronavírus possivelmente resistente às vacinas atualmente disponíveis levava investidores para a segurança do iene japonês e do franco suíço nesta sexta-feira.

Os ganhos do iene e do franco ocorriam às custas do dólar australiano e da coroa norueguesa, sensíveis ao crescimento, embora os volumes reduzidos, um dia após o feriado de Ação de Graças nos EUA, tornassem as movimentações nos mercados mais voláteis.

Pouco se sabe sobre a nova variante da Covid-19, detectada na África do Sul, Botswana e Hong Kong. Mas cientistas reconhecem que tem uma combinação incomum de mutações que pode torná-la capaz de resistir a respostas imunológicas e mais transmissível.

A notícia fez com que o rand sul-africano caísse mais de 2% em relação ao dólar, para seu valor mais baixo desde novembro passado (ZAR=D3) embora mais tarde tenha reduzido essas perdas.

Um dos principais ganhos era do iene, que se recuperava de mínimas em cinco anos atingidas nesta semana contra o dólar. A moeda japonesa saltava mais de 1% (JPY=EBS), para uma máxima da sessão de 113,6. A moeda apresentava seu melhor desempenho diário desde março de 2020.

O euro, enquanto isso, subia 0,7%, para uma máxima da sessão de 1,129 dólar (EUR=EBS), embora a moeda caísse para perto de mínimas em seis anos e meio contra o franco suíço (EURCHF=EBS), a 1,044 francos por euro.

"Esta é uma clássica fuga para a segurança direcionada ao iene e ao franco suíço devido à nova cepa do vírus, com a baixa liquidez também sendo um fator que pode acelerar o desmonte de posições vendidas em títulos", disse Kenneth Broux, estrategista do Société Générale, em Londres.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447723))

REUTERS LB MPP

Keep reading
Log in or sign up for a free TradingView account, and enjoy no holds barred access to global finance news, in real-time.